Buscar
  • CP Fisiatria

Usos terapêuticos da TOXINA BOTULÍNICA

Você sabia que a toxina botulínica, conhecida popularmente como Botox®, tem uso muito mais amplo e profundo do que na estética? Sua aplicação traz ótimos resultados em tratamentos terapêuticos para aliviar os sintomas de doenças que atrapalham o dia-a-dia. A toxina botulínica é um tratamento complementar que traz alívio em casos de bruxismo, Mal de Parkinson, dores de cabeça, esclerose múltipla, tiques nervosos, alguns casos de espasticidade, dores neuropáticas e até excesso de suor e saliva.

O nome e fama da toxina botulínica faz com que muitas pessoas pensem duas vezes antes de aplicá-la no corpo. Essa substância neurotóxica é produzida por uma bactéria, que quando ingerida, pode paralisar a musculatura estriada e causar parada respiratória. Mas esse mesmo efeito, quando direcionado por um profissional da área médica, pode ter ação terapêutica por causar relaxamento nos pontos de tensão. Para que os músculos façam contrações, os nervos liberam uma substância chamada acetilcolina, que quando em excesso, causa espasmos e rigidez muscular, o que pode ser amenizado com o uso da toxina botulínica.

e ser minimizada com a simples aplicação de gelo. Os médicos habilitados saberão orientar o paciente para cada caso específico e ajuda-lo a ter melhor qualidade de vida e bem-estar. nto não é permanente e os efeitos colaterais são mínimos e pouco frequentes. O mais comum é a dor no local da aplicação, que pode ser minimizada com a simples aplicação de gelo. Os médicos habilitados saberão orientar o paciente para cada caso específico e ajuda-lo a ter melhor qualidade de vida e bem-estar.




© 2018 Todos os Direitos Reservados para Clínica Paulista. Desenvolvido por Agência OQF.

  • Facebook
  • Instagram